Buscar
  • Detox in a Box

Alimentação e felicidade... Será que estão relacionados?

Atualizado: Mar 20

Já alguma vez pensou se o seu estado de humor se altera após comer? Sentiu que a fome era um indutor de má disposição ou que aquele doce ou chocolate que tanto desejava, não tinha um impacto tão positivo na sua felicidade no longo prazo? É provável que sim, porque apesar de muitos desconhecerem os detalhes e quais os motivos, a alimentação tem realmente um grande impacto no nosso humor, podendo ter um feito muito positivo no estado de espírito, humor, e felicidade. Nós vamos explicar-lhe porquê.

A alimentação está para uma pessoa assim como a gasolina está para um carro. Sem gasolina o carro não se mexe, porque não tem energia para andar. O mesmo é comparável com uma pessoa, que ao não se alimentar, não tem energia para as suas atividades ou até é capaz de ficar mal humorado ou mais triste.



Estudos relatam que é irrefutável que a alimentação tem um impacto muito positivo no humor e nas emoções. Isto acontece tanto de um ponto de vista químico e biológico, uma vez que certos alimentos oferecem substâncias que ativam neurotransmissores que interferem com a sensação de bem-estar, e do ponto de vista de oferecer prazer com alimentos indulgentes (ricos em sal, gorduras e outros), que oferecem prazer e podem aumentar a felicidade num curto espaço de tempo.


Neste sentido, não só é importante ter uma alimentação inicialmente saudável e variada, mas é importante saber o que escolher, de modo a garantir certos tipos de neurotransmissores, como é o caso da serotonina.


Serotonina, a hormona da felicidade

A serotonina é a hormona que mais está relacionada com a felicidade (e por isso é chamada como “hormona da felicidade"), mas também atua a nível da dor, líbido e sono. Por isso, baixos níveis de serotonina levam a casos de depressão – sendo esta a razão pela qual vários antidepressivos terem como função aumentar os níveis de serotonina.


Esta hormona é apenas formada com a ação de aminoácido – o triptofano. Este está presente em alimentos ricos em proteína, no entanto a sua absorção no corpo pode ser difícil. Sendo que existem 20 aminoácidos que podem ser obtidos através da nossa alimentação, estes “competem” para entrar no cérebro, pelo que pode ser difícil para o triptofano entrar no cérebro e assim, formar serotonina.



Este processo faz com que seja importante criar boas condições para absorver triptofano, tais como manter níveis adequados de vitaminas (especialmente vitamina B6), minerais (tais como o magnésio e o zinco), hidratos de carbono complexos (como frutas, vegetais, cereais integrais) e fibras.


A maior parte da transformação do triptofano em serotonina ocorre no intestino. E, uma vez que o intestino está ligado ao cérebro de um forma bastante direta, é muito importante ter uma saúde intestinal saudável. A manutenção de uma alimentação equilibrada, variada e completa, é por isso essencial para garantir que os níveis de serotonina estejam adequados, uma vez que permite o correto funcionamento do intestino.


Que hábitos alimentares influenciam a felicidade?


A dieta mediterrânica, onde é possível ter uma alimentação equilibrada, variada e completa é muito importante para oferecer a quantidade de proteínas, vitaminas, minerais, e outros componentes fundamentais para o correto funcionamento do organismo, incluindo a nível mental e por isso, de felicidade. Porém, existem alguns alimentos que têm mais efeito na felicidade, uma vez que têm mais relação na absorção de triptofano.


Os alimentos que apoiam a absorção de triptofano e, por consequente, a formação de serotonina são os seguintes:

  • Frutos oleaginosos (especialmente a noz, amêndoa e avelã), que fornece ómega-3, que é extremamente importante para o cérebro

  • Sementes (especialmente de chia e linhaça)

  • Aveia, que é rica em minerais como o magnésio, oferece fibras, garantindo a saúde intestinal. Também ajuda a libertar serotonina e regula o sono, humor e apetite.

  • Chocolate preto, acima de 70% de cacau, que não só possui triptofano como é extremamente antioxidante

  • Hidratos de carbono complexos, como frutas, vegetais, cereais integrais

  • Azeite

  • Banana, que é fonte de triptofano e magnésio. Potencia a formação de serotonina e melatonina (hormona do sono)

  • Laticínios. Potencia a formação de serotonina e melatonina (hormona do sono)


Como mencionado anteriormente, aliado ao consumo destes alimentos é muito importante optar por ter um regime alimentar mediterrânico. Ao mesmo tempo, também é muito relevante ter boas práticas de atividade física, bons hábitos de sono e ter exposição à luz solar.


Se um dia se sentir em baixo talvez a melhor opção não seja aquele gelado ou bolacha com açúcar, mas sim, por exemplo, um punhado de frutos oleaginosos, ou até uma papas de aveia com banana. Provavelmente irá melhorar o seu humor com mais eficácia.


É importante referir que não existe uma cura milagrosa para a felicidade e que o é referido no artigo é baseado em estudos, que referem que esta área ainda necessita de vários estudos. O aumento da felicidade não se baseia unicamente na alimentação, porém uma alimentação saudável pode servir de suporte para uma vida mais feliz.


Conte connosco para ajudar e conheça as nossas opções com entregas grátis em casa aqui! Conheça também as nossas ofertas para empresas (em teletrabalho ou no escritório) aqui!

Contacte-nos através do e-mail: team@detox-inabox.com ou saiba mais em www.detox-inabox.com


17 visualizações0 comentário
banner2.png
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Instagram Icon

supported by: