Buscar
  • Detox in a Box

Alimentação como proposta de wellbeing: sim ou não?

Não é novidade que um colaborador saudável, física e psicologicamente, é um profissional mais feliz e, por isso, mais produtivo. Ao mesmo tempo, é também mais assíduo, tendo menos necessidade de faltar ao trabalho por motivos de doença. Neste sentido, colaboradores saudáveis são fundamentais para o sucesso das organizações. Mas será que este é um facto considerado pelas empresas?


Partindo do princípio (ou facto) de que a maior parte do tempo despendido pelos colaboradores é a trabalhar, as empresas têm um papel fundamental na implementação da saúde dos seus colaboradores - tanto a nível de responsabilidade social, mas também a nível de atração e retenção de talento. Já não são só as empresas a escolher os candidatos. São também os candidatos que escolhem as empresas onde querem trabalhar e cada vez mais estes consideram os fatores de qualidade de vida profissional e pessoal no processo de escolha. Cada vez mais, querem fazer parte de uma organização que os coloque em primeiro lugar, que ofereça benefícios de wellbeing, um ambiente saudável e que permita o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.


Na realidade, é cada vez mais evidente que apoiar os colaboradores na sua vida pessoal e quotidiana, leva aos colaboradores a terem uma vida mais feliz e a terem uma melhor performance no trabalho. De acordo com o estudo Gartner’s 2020 Reimagine HR Employee Survey, as empresas que apoiam o wellbeing dos seus colaboradores, reportam um aumento de 23% na saúde mental e 17% na saúde física dos colaboradores.



Felizmente o wellbeing em Portugal tem aumentando a sua relevância nas empresas. Segundo o estudo “Tendências de Saúde e Bem-estar Empresas 2021” da Workwell, 48,4% das empresas em Portugal já desenvolvem serviços de saúde e bem-estar corporativos, sendo esta uma tendência crescente. O mesmo estudo, refere que 94,5% das empresas em Portugal, pretendem promover a saúde e o bem-estar dos seus colaboradores durante este ano, refletindo tanto a vontade de colocar o colaborador como foco, acreditando que promover os pilares de saúde e wellbeing são de grande relevância para as empresas.


Atualmente, existem bastantes áreas de atuação de wellbeing, indo desde o mindfulness, à ergonomia, à nutrição. Todas elas são de maior relevância, apresentando enormes benefícios na saúde física e/ou mental e por isso importantes de serem adotadas pelas empresas.


O papel da alimentação/nutrição no wellbeing dos colaboradores


A alimentação saudável tem um impacto muito positivo na saúde física e mental, especialmente na produtividade - tendo uma ação positiva nos colaboradores e, por isso, nas empresas. Por outro lado, a alimentação não saudável, que pode levar a casos de obesidade e a doenças crónicas, tem um efeito bastante negativo na saúde dos colaboradores e consequentemente, nas empresas. Neste sentido, é fácil concluir que o que os colaboradores comem, ao influenciar a sua saúde física e mental, tem um impacto na sua performance de vida e trabalho. Por estas e outras razões, é interessante que as empresas contribuam para uma boa alimentação e nutrição no local de trabalho.



Ter uma alimentação saudável pode oferecer benefícios (quase) imediatos, na medida em que podem impactar na forma como as pessoas se sentem diariamente - com mais produtividade, concentração e felicidade. Porém tem o seu maior impacto a longo prazo, uma vez que pessoas que cumprem uma alimentação saudável, experienciam uma vida com menos doenças e mais qualidade. Tanto os benefícios a curto ou longo prazo que uma alimentação saudável oferece, são importantes para uma empresa uma vez que impacta na forma como os seus colaboradores trabalham e são pessoalmente.


Felizmente, as empresas começam a refletir acerca da importância da nutrição no wellbeing dos colaboradores e, segundo o mesmo estudo da Workwell, 39,6% das empresas em Portugal considera que a Nutrição é uma área pertinente para investir no futuro e 38,5% das empresas consideram que a educação para a saúde (webinars) é outra área com relevância para o futuro. Os números são encorajadores, sendo que a importância das atividades de wellbeing na nutrição está a ganhar destaque.



Acompanhando a tendência, a Detox in a Box torna a alimentação saudável, simples, acessível e conveniente no local de trabalho, ao oferecer diversas soluções alimentares. Desde snacks a workshops de nutrição, a Detox in a Box tem soluções completamente personalizadas às necessidades de cada cliente, estando comprometida a ter um impacto positivo na saúde dos seus colaboradores.


Quer saber mais? Contacte-nos através do e-mail: team@detox-inabox.com


Saiba mais em: www.detox-inabox.com


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo